DIETA DOS DOSHAS

Chafic Jbeili – Terapeuta Ayurveda

Essa é uma belíssima história de oito mil anos contada em oito parágrafos. É a história das Ciências da Vida ou simplesmente Ayurveda. Homens sábios em meditativo silêncio, observando a reação do corpo e da mente, sob influência da natureza, percebendo e registrando em versos e poemas a tudo que se passa e interage por fora ou por dentro de si.

Em elevada espiritualidade e comunhão com Deus acredita-se que eles devam ter recebido a visita de anjos médicos, para os auxiliarem na compreensão da magnifica e complexa filosofia médica indiana em suas duas vertentes: A medicina Védica, fundamentada em uma medicina medico-religiosa intimamente relacionada com o sobrenatural; e a medicina ayurvédica, propriamente dita, “enviada” pelo grande criador e focada no método empírico-racional, originariamente recebida, transmitida e ensinada por sramanas (médicos) ascetas até os dias hodiernos.

A medicina ayurvédica tem sua metodologia embasada nas prerrogativas de qualquer racionalidade médica, compreendida por seis dimensões fundamentais: 1) cosmologia (intuição e sentido); 2) Doutrina médica com base em uma epistemologia das doenças; 3) morfologia, com seu entendimento sobre sistemas de órgãos e vísceras do corpo humano; 4) fisiologia ou entendimento de como o corpo funciona; 5) um sistema de diagnósticos ou conjunto de habilidades e técnicas para avaliar identificar prováveis causas da doença ou desequilíbrio homeostático, e; 6) um sistema de intervenções terapêuticas que utiliza recursos como plantas medicinais, dietas, exercícios físicos, meditação, yoga, astrologia hindu, massagens, aromaterapia, gemoterapia – tratamento com metais e gemas -, cirurgia e psicologia, entre outros. Portanto, trata-se de ciência milenar de comprovada eficácia e validada por centenas de estudos e resultados ao longo dos séculos.

Ao contrário da medicina tradicional no ocidente, cujo foco é a doença e seus sintomas e a subdivisão do indivíduo por partes do corpo, atendida por cada especialidade médica (cardio, endócrino, gineco, dermato etc), na medicina ayurvédica o foco é a saúde, a prevenção de doenças e seu olhar está no todo do individuo e não em partes. Assim, a terapia ayurvédica é uma terapia holística e preventiva que contempla o homem indistinto da natureza e de suas próprias subdivisões morfológicas e fisiológicas, onde compreende-se que o ser humano composto por corpo, sentidos,  mente(alma) e espírito, interligados e em consonância com seus ancestrais e o universo, de onde se originou

A ciência moderna defende e comprova que toda matéria é formada por átomos e que todo átomo é formado apenas por sete componentes subatômicos: Neutrino, elétron, quarks, glúon, bosson, fóton e graviton; logo, tudo o que existe na terra e no Universo é formado por estes mesmos sete componentes em variações quânticas. Não é incrível?

Você não pode deixar de ler o artigo sobre o Ritual da Longevidade no Dinacharya Ayurvédico. CLIQUE AQUI para assistir ao workshop com as 09 atividades principais para se fazer pela manhã e tenham mais disposição, ânimo e vigor físico ao começar o dia.

Mais incrível ainda é que há oito mil anos os ascetas, precursores da medicina ayurvédica defendiam teoria parecida, porém em configuração condizente com o saber da época. Para eles, toda a matéria, independente do tamanho ou do reino de origem é formada pelos cinco elementos: Akasha (Éter/Céu); Vayu (Ar); Agni (Fogo); Apas (Água) e Prithivi (Terra). A combinação desses elementos, em pares, compõe a característica fisiológica e comportamental dos indivíduos. Denominada de “doshas” e dividida em três tipos: Vata (Akasha + Vayu); Pitta (Agni + Apas); e, Kapha (Apas + Prithivi). Toda matéria e toda pessoa tem os três doshas em sua formação, porém conforme condições especificas um ou dois doshas se sobressaem e determinam certos padrões de comportamento e reações, com suas respectivas e peculiares características associadas a cada dosha, conforme podemos ver a seguir:

A pessoa Vata, de modo geral, tem ossatura fina; peso leve; cabelo preto, seco e enrolado; pele seca, fria e áspera; dentes protuberantes e tortos; olhos pequenos, secos e escuros; apetite variável e sede variável; eliminação seca, dura e constipada; de atividade física muito ativa e mente agitada; demonstra temperamento inseguro e fé mutável, além de apresentar insônia. Seus elementos são o Éter e Ar. O desequilíbrio deste dosha agrava a volatilidade do éter com o movimento do vento.

A pessoa de Pitta, de modo geral, tem ossatura e peso moderados; cabelo loiro, ruivo e oleoso; pele morna, oleosa e avermelhada; dentes amarelados e gengivas macias; olhos penetrantes e claros; bom apetite a excessivo; sede também excessiva; eliminação macia e oleosa; atividade física moderada; mente aguçada com temperamento agressivo e ciumento; tendência ao fanatismo; memória aguda e sono um pouco mais profundo. Seus elementos são o Fogo e Água. O desequilíbrio deste dosha resulta na intemperança e descontrole do fogo com a resistência e determinação da água.

A pessoa de Kapha, de modo geral, tem ossatura larga e constituição pesada; cabelo escuro e oleoso; pele grossa e oleosa de tom mais pálido; dentes fortes e brancos; olhos grandes e ativos; apetite lento, porém estável; bebe pouca água; eliminação grossa, oleosa e pesada; atividade física letárgica; mente calma e lenta; temperamento apegado a possessivo; fé estável; memória lenta e prolongada, sonha muito com água e temas românticos; tem sono pesado e longo. Seus elementos são Água e terra. O desequilíbrio deste dosha resulta na corpulência e peso característicos de uma massa de argila condensada.

Se você é de Vata, já deve ter lido este parágrafo antes de ter chegado ao terceiro parágrafo. Mas, se você é de Pita deve estar contando nove parágrafos e não oito como anunciado nas primeiras linhas e isto provavelmente deve ter lhe irritado. No entanto, se você tem dosha Kapha predominante, deve estar segurando alguma coisa de comer ou beber em uma de suas mãos, se já não estiver cochilando sobre esta extensa e tediosa leitura.

Pois bem, a dieta dos doshas requer avaliação clique aqui para identificar aquele que está em desequilíbrio e indicar os sabores dos alimentos que vão harmoniza-los, conforme comparação entre a composição original herdada de pai e mãe (biótipo) e a composição atual (fenótipo). O equilíbrio no Ayurveda se dá quando o Vikrithi (fenótipo) se assemelha – o mais próximo possível – com o Prakrithi (biótipo), imprescindível para a prevenção de doenças e promoção de bem estar bio, psico, social e espiritual. Adieta dos doshas não tem objetivo “perder peso”, pois não se trata de “nutrição”, mas de harmonizar doshas por meio dos sabores: ácido, amargo, salgado, doce, adstringente e picante; basicamente.

Principais benefícios obtidos com a Elaboração Personalizada da Dieta dos Doshas:

  • Caráter preventivo da saúde e bem estar físico e mental;
  • Sensação de harmonia entre corpo e mente;
  • Favorece o metabolismo de modo geral;
  • Elimina amas (toxinas acumuladas);
  • Aumenta o Agni (poder digestório) melhorando a digestão e aproveitando melhor os nutrientes de cada refeição;
  • Organiza as funções fisicas, emocionais e mentais;
  • Desenvolve consciência alimentar alinhada com o biotipo ayurvédico;
  • Indicação de rotina diária personalizada (Dinacharya) com meditação;
  • Indicação de massagens mais indicadas, bem como pontos específicos do corpo a serem estimulados
  • Indicação de aromaterapia conforme o dosha em desequilíbrio;
  • Indicação de especiarias, bebidas, legumes, vegetais, frutas, grãos, entre outros alimentos conforme o dosha em desequilíbrio

    BÔNUS RELÂMPAGO: Efetivando a sua compra AGORA, além de pagar preço especial de R$250,00 por apenas R$79,90 Enviarei receita personalizada com lista de ingredientes e modo de preparo para você fazer a sua MASSALA (mistura de ervas e especiarias) com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes e utilizar em suas refeições.

Ao adquirir a sua Dieta dos Doshas agendaremos a sua avaliação GRATUITA para podermos iniciar a sua dieta dos doshas por meio dos sabores (alimentação) e dinacharya (rotina ayurvédica), incluindo dietas com frutas e especiarias, exercícios físicos específicos, meditação, yoga, massagens, aromaterapia, entre outras práticas ayurvédicas que indicarei a você.

Instituto Cultural Ayurveda Haath
Chafic Jbeili – Terapeuta Ayurveda | ABRA/RJ
CRTH-BR 2347 | ABRATH

Rua Dom João Pimenta, 127 – Loja 02 | Unicead
Montes Claros/MG | Brasil
Agende seu horário (38)98812-6820
chafic.jbeili@gmail.com